terça-feira, novembro 09, 2010

Da série: Mordendo a língua...

Se eu começar a contar, vou levar um susto. O problema é que nos últimos anos eu mordi a língua várias, inúmeras vezes. Dentre as mais célebres estão:

* "eu não vou ser professor" (se bem que eu atuei nessa área por pouco tempo);
* "salsa, coisa ridícula", e lá estava eu nas aulas de salsa;
* "morar em SP? capaz!", e aqui estou eu; e a última...

Eu estava em um congresso na semana passada e encontrei alguns conhecidos. No final do dia fomos todos para o único lugar aberto na cidade e tinha... adivinhe... uma dupla sertaneja cantando. Eram apenas duas opções: 1 - voltar para o hotel ou 2 - ficar lá. Opção 2 ganhou.

Até esse momento nada de mais. O problema foi no dia seguinte quando fomos para outra baladinha. Dessa vez a noite prometia pois era um DJ tocando os sucessos dos anos 80.
Passado de mais de uma hora na tal festa eu fui obrigado a concordar que o sertanejo do dia anterior estava melhor e mais animado.

Agora é provável que quando eu clicar no botão "publish post" caia um raio sobre mim e muitos dos meus amigos queiram me ver excomungado, mas infelizmente tudo isso é verdade. Acho que fui tomado de vez pelas drogas.

6 comentários:

Arthurius Maximus disse...

Isso não é problema com drogas. É o início do Mal de Alzheimer... tudo começa assim (rs).

Desabafando disse...

rsrsrs...nunca diga nunca!

Anônimo disse...

estou decepcionada... não esperava isso de você!
beijos!

Marcele disse...

poxa, Leandro. Estou decepcionada! Não esperava isso de você... (o outro foi anônimo eu acho, aqui eu de novo! haha).

Leandro disse...

Eu também estou decepcionado comigo :-P

igor disse...

lembro eu da semana eclética aqui ...
1º dia - pop rock (baladinha mais social )
2º dia - famigerado DCE, rock, punk rock e afins ..
3º dia - vaneira e forró ..

Não dúvido de mais nada nessa vida .. rsrs